Ana Lúcia registra centenário da Revolução Russa

Escrito por Débora Melo Ligado TPL_WARP_PUBLISH . Publicado em Notícias

No exato dia do Centenário da Revolução Russa, considerando o calendário juliano que os russos adotavam à época, a deputada estadual ocupou o a tribuna da Assembleia Legislativa para registrar este que foi um dos mais importantes fatos do século 20 e que mudou os rumos e da história mundial.

Pela primeira vez na história da humanidade, uma revolução socialista, inspirada pelas ideias de Marx e Engels, levava ao poder operários, camponeses e as mulheres, liderados Lênin e Trotsky. Há 100 anos, a classe trabalhadora derrubava uma ditadura sanguinária que durava séculos, um governo representante dos ricos, dos poderosos, para levar ao poder o sonho de igualdade e justiça social.

Como mulher socialista, Ana Lúcia destacou o papel da mulher na revolução russa e homenageou a bolchevique Alexandra Kollontai, primeira ministra social do governo russo, uma mulher revolucionária que conseguiu estabelecer pautas feministas no governo socialista russo.

A pauta da Rússia naquele momento é a pauta do Brasil hoje. É a fome, o desemprego, a prepotência, a violência dos poderosos sobre a maioria da população camponesa e operária e essa mulher, apesar de filha da alta burguesia, com sua competência assumiu o Comissionário – equivalente ao ministério - da Ação Social. Ela estabeleceu a livre liberdade da mulher, o divórcio, o aborto, a creche, a prioridade pela educação infantil, o salário igual de homens e mulheres, enfim, toda uma pauta histórica das mulheres foi priorizada, respeitada e implementada por ela”, explicou Ana Lúcia.

Com forma de marcar a passagem do centenário da da Revolução Russa, o mandato democrático e popular da deputada Ana Lúcia promove uma exposição sobre o tema. O lançamento da mostra informativa acontece durante seminário, no próximo dia 7 de novembro, às 19h, no Centro Cultural de Aracaju.

Será um debate sobre a revolução russa a partir de uma análise do papel da mulher na revolução russa. Convido todos os meus colegas parlamentares, de uma forma especial a Frente em Defesa dos Direitos da da mulher para conhecer estas mulheres que mudaram o mundo”, convidou Ana Lúcia.