Seminário em Propriá discute situação da Bacia do São Francisco

Escrito por Débora Melo Ligado TPL_WARP_PUBLISH . Publicado em Notícias

Na próxima sexta-feira, 1º, a partir das 9 horas, a população de Propriá e de todo o Estado de Sergipe participará do “Seminário para debater a situação da Bacia do Rio São Francisco e Propor Medidas para sua Revitalização”. A atividade acontece no Colégio Nossa Senhora das Graças, conhecido como colégio das Freiras, localizado na Praça Tobias Barreto, 01, bairro Centro, Propriá.

O evento é iniciativa do deputado federal João Daniel (PT/SE), através da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados, em parceria com o mandato democrático e popular da deputada estadual Ana Lúcia, presidente da Frente Parlamentar Mista de Meio Ambiente, Segurança Alimentar e Comunidades Tradicionais da Assembleia Legislativa.

Foram convidados para participar como expositores o vice-presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, José Maciel Oliveira e o presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Federal, o deputado Nilto Tatto (PT-SP). Diversas autoridades também marcarão presença no Seminário, a exemplo do Secretário de Estado de Meio Ambiente, Olivier Chagas, o analista de Desenvolvimento Regional da 4ª Superintendência Regional da Codevasf em Sergipe, Oscalmi Porto Freitas, entre outros.

Apesar da sua importância ambiental, econômica, social e cultural, o rio São Francisco vive uma situação extremamente degradante. Cerca de 70% da água da região do Submédio São Francisco está imprópria para consumo humano. Na Região do Baixo São Francisco, este percentual é de 55%. Dentre os principais fatores para essa realidade de degradação ambiental, estão a poluição, o despejo esgoto sanitário in natura e a ausência de políticas públicas eficientes e capazes fiscalizar e proteger o rio das agressões que vem sofrendo ao longo dos anos.

O Seminário é resultado dos encaminhamentos de audiência pública realizada em setembro deste ano em Canindé do São Francisco. A iniciativa foi da Frente Parlamentar Mista de Meio Ambiente, Segurança Alimentar, Comunidades Tradicionais e dos Povos de Terreiro realizou uma audiência pública, em parceria com a Associação Nossa Senhora da Conceição (ACONASCE) e a Rádio Comunitária Amanhecer FM.