Ana Lula destaca 97 anos de Paulo Freire e 50 anos de sua maior obra: Pedagogia do Oprimido

Escrito por Débora Melo Ligado TPL_WARP_PUBLISH . Publicado em Notícias

No dia em que o Mestre Paulo Freire completaria 97 anos, a deputada Ana Lula lembrou da importância de sua obra para a pedagogia, filosofia e sociologia. Além de patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire é Patrono da Educação Sergipana, instituído por meio de Lei de Autoria da deputada. Segundo a Lei, na semana de seu aniversário, o poder público, com o apoio da sociedade civil, podem realizar atividades sobre a contribuição deste grande educador para a sociedade brasileira.

A parlamentar convidou os colegas deputados e toda a população sergipana para a Audiência Pública “Contribuição de Paulo Freire para a Educação no Brasil e no mundo – 50 anos da Pedagogia do Oprimido”, que acontece nesta sexta-feira, 21, às 8h30, na Escola do Legislativo.

Ana Lula registrou ainda a trajetória de vida da professora Ângela Melo, candidata a deputada federal com o número 1390, que foi excluída – junto com o Iran Barbosa 13900 - pela coligação “Pra Sergipe Avançar” do programa eleitoral do rádio e da TV por terem se recusado a pedir votos para os partidos que ajudaram a tirar Dilma do poder, a prender Lula e que estão maltratando o servidor público e desmontando as políticas públicas em Sergipe.

Nascida em Nossa Senhora de Lourdes, Ângela Melo veio morar em Aracaju, no bairro 18 do forte, na adolescência. Professora, Ângela estudou no Instituto de Educação Rui Barbosa (antiga Escola Normal) e na UFS, onde formou-se no curso de Licenciatura em História. Liderada pelo professor Diomedis e por Marcelo Déda, ela lutou pela redemocratização de nosso país. Foi presidente do SINTESE e dirigente da CUT-SE e hoje, é dirigente da CUT Nacional.